Kunlaboro
Temas que constroem um Mundo Melhor!
Desde 25/03/2007 Estatísticas1019215 visitas.

Livros

O Banqueiro dos Pobres: a Revolução do Microcrédito que ajudou os pobres de dezenas de países

Autor:
Editora:Editora Ática
Tradução de:Vers un monde sans pauvreté
Tradutora:Maria Cristina Guimarães Cupertino
Ano:2006
ISBN:85-08-07503-0

Contracapa

Criar um banco para emprestar dinheiro aos pobres. Foi colocando esta ideia em prática que Muhammad Yunus fundou o Banco Grameen, em Bangladesh, destinado a oferecer um amplo serviço de microcrédito para a população carente do seu país. O sucesso foi tão grande que logo se expandiu para o mundo inteiro, mostrando-se não só uma operação viável do ponto de vista financeiro como um forte aliado no combate à pobreza.

Este livro conta a história desse sonho levado à prática, expondo às claras as ideias de Yunus, que em muitos aspectos vão contra os princípios tradicionais dos economistas. Longe da frieza burocrática dos financistas, seu ponto de vista valoriza o ser humano e mostra-se atento à vida e aos hábitos das pessoas, na ânsia sincera por emancipá-las.

Sumário

  1. Primeira parte - O começo
    • A aldeia de Jobra: dos manuais à realidade
    • Banco Mundial - Washington D.C., 1993
    • Rua Boxirhat, nº 20, Chittagong
    • Paixões infantis
    • Anos de estudos nos Estados Unidos (1965-1972)
    • Casamento e Guerra de libertação (1967-1971)
    • Universidade de Chittagong (1972-1974)
    • Agricultura: a experiência da Fazenda de Três Terços (1974-1976)
    • Escapar à prisão da caução (junho de 1976)
  2. Segunda parte - A fase experimental (1976-1979)
    • Por que emprestar dinheiro às mulheres, de preferência aos homens?
    • O primeiro contato com as financiadas (ocultas pelo purdah
    • Ser mulher e trabalhar para o Grameen
    • A estruturação do nosso sistema de empréstimos: como se tornar membro dele?
    • O sistema de pagamento: o mundo de cabeça para baixo
    • O Grameen diante dos bancos tradicionais
    • O Grameen, agência experimental do Banco Agrícola (1977-1979)
    • Eid Ul-Fitr (1977)
  3. Terceira parte - A criação
    • O começo: sob o signo da prudência (1978-1983)
    • Enfrentando os arcaísmos (fundamentalistas, conservadores, paternalistas)
    • Outros inimigos: catástrofes naturais, inundações, fomes, maremotos e outros males
    • A formação do pessoal do Grameen
    • O nascimento do Grameen como empresa independente
    • A plena independência do banco (1985-1990)
  4. Quarta parte - A transposição do princípio Grameen - ganhando o mundo
    • A transposição internacional (África, América do Sul, Ásia, Europa, Canadá)
    • Os Estados Unidos, de Arkansas a Dakota do Sul
    • Nos guetos de Chicago
    • A sociedade Grameen-Results
  5. Quinta parte - Filosofia
    • A descoberta da economia: o mercado livre orientado para a consciência social
    • Trabalho autônomo: voltar para o começo
    • Educação e formação para os pobres?
    • O problema demográfico
    • Um mundo sem pobreza: quando? Como?
    • A pobreza, questão desprezada pelos economistas
  6. Sexta parte - Novos horizontes (1990-1997)
    • Empréstimos para habitação: uma experiência coroada de sucesso
    • Saúde e aposentadoria
    • A Fundação Grameen para a Piscicultura
    • A Grameenphone: tecnologia para a pobreza
    • O Grameen Trust: fundo popular
    • Um mundo que ajudará os mais pobres
    • Reunião Internacional do Microcrédito - Em 2005 abranger 100 milhões de famílias dentre os mais pobres
    • Como seria?
    • Uma olhadela no balanço

Resenha do Kunlaboro

Neste livro, Muhammad Yunus, conta-nos, detalhadamente, como criou o Banco Grameen e o Microcrédito e pôde oferecer uma vida melhor a milhões de pessoas no Planeta. Mas, ao longo de suas páginas aprende-se, também, um pouco sobre sua vida, seus sonhos e sua forma de ver o mundo e o ser humano. Aprende-se sobre sua crença no potencial criador e transformador do Ser Humano e em sua capacidade de despertá-lo para mudar a realidade ao ser redor.

Escrito em linguagem simples, seu conteúdo provoca várias reflexões que o fazem digno de ser lido e relido várias vezes!

RJ, 09/03/2009. Carlos Alberto G. Silva

Onde Comprar

Outras Dicas de Leitura

http://kunlaboro.pro.br/livros/o-banqueiro-dos-pobres