Kunlaboro
Temas que constroem um Mundo Melhor!
Desde 25/03/2007 Estatísticas1019198 visitas.

Esperanto

Capa do Livro

Gerda Malaperis

Autor:Claude Piron
Ano da Edição:1984
Editora:Fonto
Cidade:Chapecó, Santa Catarina
País:Brasil

Introdução
(Tradução aproximada do Enkonduko)

Pesquisas sobre Psicopedagogia de Idiomas mostram que para tornar a instrução o mais eficaz possível é necessário respeitar uma série de princípios. Este livro apresenta como prova aplicar estes princípios ao ensino do Esperanto, ei-los:

  1. Motivar o Leitor. O principal fator no sucesso do aprendizado de línguas é a motivação. Para favorecer isto, o livro apresenta-se como um romance de aventura no qual já no segundo capítulo uma ocorrência que captura a atenção, provoca a curiosidade do leitor e o instiga a ler mais.
  2. Aplicar a regra "quanto mais frequente uma palavra, tanto mais cedo apresentá-la". A regularidade do Esperanto possibilita fazer isto desde o começo. O Serviço de Cultura Internacional, em Zagreb, obteve as necessárias listas de palavras segundo a frequencia, obtidas por intermédio da análise estatística meticulosa de conversações gravadas em diversos encontros internacionais.
  3. Repetir em Contextos Diferentes. Radicais, morfemas e estruturas linguísticas são assimilados tanto mais facilmente quanto mais frequentemente são repetidos, principalmente, se prestada atenção à importância de reapresentá-los precisamente no momento em que não usado durante algum espaço de tempo ele tenderia a ser esquecido. Esse princípio foi observado. Espera-se que os leitores tenham a bondade de perdoar as repetições artificiais, algumas vezes, estilisticamente não muito belas que o texto contém por causa disso.
  4. Reduzir severamente, em cada Unidade, a proporção de novos Elementos de Ensino. Assim, cada elemento novamente apresentado é como se carregado do contexto inteiro. Neste livro, novas palavras aparecem de modo que assimilando o conteúdo do primeiro capítulo, o aluno já compreende pelo menos 82% dos capítulos 2 a 8; 89% dos capítulos 9 a 12; e 92% dos textos após o capítulo 12. De fato, o último capítulo contém somente 3% dos novos radicais.

A muitos talvez surpreenda a extensão dos capítulos. Isto tem origem no desejo de adaptar-se ao fato de que a capacidade mental de assimilar um material novo não permanece sempre no mesmo nível. As divisões dentro dos capítulos são simples indicações para ajudar o instrutor, facultativas.

Esta obra não foi planejada para autoaprendizado. Entretanto mostrou-se que pessoas com uma boa compreensão de gramática conseguiram aprender em casa as bases do Esperanto usando este livro de leitura e sua respectiva lista de palavras (Vortliston), se elas dispuseram da ajuda esporádica de um Esperantista.

Existe, também, uma edição específica para Deficientes Visuais.

Este pequeno romance pode ser usado também como um primeiro livro de leitura após qualquer que seja o outro curso.

Claude Piron

Onde Comprar Impresso

Áudio do Livro

Outros Livros para Aperfeiçoamento em Esperanto

http://kunlaboro.pro.br/esperanto/gerda-malaperis